quarta-feira, 24 de novembro de 2021

RESISTÊNCIA

 

não é coincidência

resiliência rima com paciência

e para que possamos voltar à convivência normal

devemos ter consciência

suportar a saudade, a ausência dos entes queridos

acreditar na competência da ciência

para cessarmos as perdas, as consequências

é uma questão de sobrevivência

chega de desinteligência povo!

o estado é de emergência!

estão aí as evidências nos noticiários

o sentimento geral é de condolência

pessoas indo à falência

na saúde ingerência, ganância...

falta de vacina é uma frequência

e gente aplaudindo vossa excelência?

quanta ignorância, negligência com recorrência

devemos usar a inteligência

não se levar pelas más influências

tratar com relevância o momento

é vacina no braço, máscara no rosto

e prudência

vamos ter tolerância

e em breve sairemos desta

circunstância.



Caranguejunior

terça-feira, 23 de novembro de 2021

NASCENTE

 

em tempo de estiagem

nosso amor chove forte

        é tempestade atemporal

transborda a alma represada

enche barragem, gera energia

o amor que move o mundo

alimenta as turbinas do coração

deságua e inunda tudo

        por onde passa

e segue o fluxo das águas

criando rios, cachoeiras, aquíferos

deixando tudo verde e florido

e onde ele passar

e enquanto ele existir

esse amor será nascente


                        

                                                                                                                

                                                                                                         Poeminha pra Erica





Caranguejunior

segunda-feira, 11 de outubro de 2021

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

ENGENHESIA

Para se perder um poeta para engenharia

É difícil

Pois todo poeta é engenheiro de nascença

Poeta mesmo faz projetos (pra vida inteira)

Projeta a palavra no espaço-tempo

Viaja no tempo, o tempo todo

Calculando cada métrica

No milimétrico papel

Vai à lua (e volta)

Vai à luta

A labuta é diária

Na metalúrgica da sua mente

O Poeta parafusa ideias e ideais

Soma, multiplica, divide

Usando a equação do coração

Que é exata

É humanamente de humanas

Em tempos de “cada um no seu quadrado”

Poeta mesmo monta engrenagens

De gente

Faz a roda rodar

Faz o círculo pegar fogo

(Nas escalas Celsius, Kelvin e Fahrenheit)

Poeta planeja, transforma, constrói

Faz a ponte e a eletricidade

Chegar a lugares distantes e escuros

É o túnel no começo da luz

Abre mentes sem precisar de máquinas

Sem oxicorte, sem serra circular

E a poesia é anestésica

Cinestésica

Seu plano é fazer as pessoas voarem

Tenta, tenta e tenta

É tentando que se atenta

E não pense que é fácil

Ser poeta

Não tem escola para ensinar

Não tem diploma e certificação

As provas são difíceis

E o professor é muito exigente

O chato do Sr. mundo




terça-feira, 24 de agosto de 2021

sábado, 7 de agosto de 2021

sexta-feira, 16 de julho de 2021

JE SUIS JESUS

se Jesus voltasse hoje

novamente crucificado

torturado, assassinato

seria

por qualquer bala perdida, bala achada

bala guiada, disparada por incógnita remetente

bala com destino certo

morreria 

a mando dos homens

morreria novamente 

amando os homens

morreria...

por levantar bandeiras

dos direitos humanos

para os humanos sem direitos

bandeiras das minorias, dos pobres, doentes

mulheres, negros

ajudaria mendigos, prostitutas

denunciaria policiais

políticos, homens do poder

certamente andaria com pelo menos

12 subversivos

morreria por tentar curar cegueira

Desse povo da era moderna

Jesus se voltasse hoje

Seria morto

E a morte de Jesus causaria alvoroço

Pelo mundo, manifestações por justiça

Protestos, minutos de silêncio, cartazes

Jesus Presente!! Je suis Jesus!!

Coros, gritos, lágrimas

Por silenciarem o filho de Deus

E a justiça cega continuaria

Jesus se voltasse hoje

Estaria morto

E ele, ao terceiro dia...

Seria mais um

Nas estatísticas.



Caranguejunior

É DE OFUSCAR

 

tem gente que não serve de espelho 

para ninguém

tem aquele que 

não reflete nada

tem alguns que são 

reflexo dos outros

e tem gente que vai ler 

este poeminha e sequer 

vão parar 

& refletir.




Caranguejunior


POEMA ASTRO LÓGICO

 

Nossos signos não combinam

Já dizia o horóscopo do jornal de domingo

Um em mercúrio

O outro na lua

Um ascendente em gêmeos

O outro, descendente de japonês

Um de câncer, o outro de leão

Um PE, o outro SP

Sem chance

Já dizia o horóscopo do jornal de domingo

Incompatíveis desde a astrologia

Desde a biologia

Do fio de cabelo à unha do pé

Sem santo que dê jeito

Não se bica

Não se bate

Já dizia o horóscopo do jornal de domingo

E no entanto estamos juntos

Alguns anos de casados

E eu, nunca mais na minha vida

Li um jornal



Caranguejunior

sábado, 13 de fevereiro de 2021

segunda-feira, 25 de janeiro de 2021

CLOUD

eclipse solar

&

alinhamento dos planetas

    no céu carrancudo de SP

só vi pela internet...

baixei e salvei algumas imagens 

nas nuvens




quarta-feira, 18 de novembro de 2020

PARTO



Foi aquele clarão muito forte

Que enxerguei na escuridão

De contração em contração

Me empurrando para o corte

Eu fui arremessado na sorte

A tal sorte que era só minha

Como num jogo de adivinha

Que perdemos num segundo

A primeira vez que vi o mundo

Foi entre as pernas de mainha






Caranguejunior

DAS PERSPECTIVAS

 



- Acredito em vida fora da terra!


Exclamou uma minhoca.





Caranguejunior

domingo, 15 de março de 2020

POEMINHAS VIRAIS



Poemas criados na zapoetaria, oficina de experimentação poética via wathsapp, dos Poetas do Tietê.


APOCALIP-SE 

Para compromissos 
Não me convide
Viajar, não me convide
Cinema, shopping, bar
Ver meu time jogar
Não me convide
São 19 COVIDs 
Circulando por aí
Fechadores de cidades
Quebradores de bolsas sem valores
Canceladores de eventos globais
Enfraquecedores de economias
Portanto, entrei em quarentena
Estou rezando 1/3
Uma novena para cada santo
Uma vela para meu orixá
Estoquei chás
Para banho de ervas
Porém, para as mãos
Álcool em gel
Bebo álcool em líquido
E de tira gosto
Uma porção de alfabeto vitamínico
Tudo isso para prevenir
Minha carteira, é claro
Tendo em vista que 
O mundo lá fora
Continua contagiante



KEEP CALM E NÃO ESQUENTE

Mantenha distância 
Sem aperto de mãos
Sem beijos
E sem abraços
Esta é a febre do momento

- Socorro! O mundo surtou!



OUVÍRUS DO IPIRANGA

É verdade!
Passou na televisão
Temos um presidente
Doente.






Caranguejunior




segunda-feira, 30 de dezembro de 2019

DeDICADA a DéCADA DE 20




Faça - lives
+ loves
                        [Seja + livre]
Faça - posts
+ stops
Aperte - o botão “curtir”
Acaricie + cútis
Aperte - o “amei”
                 & ame + no presente
Fique - na rede social
na rede e sol e cia
Faça - login
      & + lograr
Olhe - para o celular
+ para o céu, luar...
Perca - tempo no zap
            Ganhe + tempo em paz



                Seja bem vindo a década de XX





Caranguejunior








quarta-feira, 18 de setembro de 2019

segunda-feira, 6 de maio de 2019

VOTOS DE CASAMENTO (PARA ERICA KAMURA BRAZ)


Meu voto é em você, e não é nulo, nem branco
Você é minha candidata há várias eleições
Do meu coração é a prefeita mais perfeita
Governadora!
Reelege –se a cada dia 
Sem precisar de propaganda partidária obrigatória
Amor sem vinculação à partido
Faz de tudo pra não deixar meu coração partido
Pra não dar PT (nem PSDB, PMDB)
É amor pra ser
É L.O.V.E
Meu voto é em você
Pra ser a governante que irá mudar e melhorar e muito
Este meu estado de espirito
Na saúde ou na doença
Na alegria ou na tristeza
Mais na pobreza que na riqueza
Nas batalhas da vida
Na vida de batalhas
Estaremos juntos até que a morte...
Nem pensamos nisto agora
Pois a vida é quem fala mais alto
Prometo te amar e te respeitar
E te querer e te gostar
E te namorar e noivar e casar de novo com você
Se preciso for
Fazer-te a mulher mais feliz do espaço sideral
Das constelações de capricórnio e dentre todas essas galáxias
A mulher mais feliz da terra, da água e do ar
E deixa a vida nos levar
Pois a vida é uma estória inacabada
Todos os dias, um novo capitulo de um livro a ser escrito
Um novo filme a ser rodado
E você mais eu assistirá os dias correr
As noites despontar
Reinventando-nos diariamente
E sempre meu voto será em você
Evidente que nem tudo serão flores
Teremos que podar os espinhos
Não deixar nenhuma erva daninha crescer no nosso jardim
Prometo ser o secretário de meio ambiente 
Do seu senso de humor
O Greenpeace do seu coração
Para que tenhamos um amor sustentável
Um amor que diariamente, se recicla
Um amor Biode-agradável
Meu voto é em você
E por isso tudo, que hoje você toma posse 
Do mais alto cargo que eu posso lhe oferecer
Minha esposa
Presidenta do meu mundo.



Casados em 06/05/2017


Caranguejunior


sábado, 23 de março de 2019

VOU-ME EMBORA PRA MURIBECA


Vou-me embora pra Muribeca
Um lugar que não tem rei
Lá tenho tudo que quero
E que sempre precisei

Vou-me embora pra Muribeca
Onde fui muito feliz
Lá fiz grandes amigos
Tudo que eu sempre quis

Vou-me embora pra Muribeca
Andar na feira da sulanca
Jogar basquete na quadra
Pra ver se a tristeza estanca

Tomar uma em Zé Tabaco
Ou um caldinho em Carlinhos
Comer uma pizza em Cid
Ou tomar um vinho sozinho

E como chegarei lá
À tarde ou à noitinha
Tenho lugar pra ficar
E uma cama quentinha

Fico na casa dos brodi
Fico no meio da rua
Encostado no muro da escola
Parado, olhando a lua

E quando a tristeza bater
E eu me sentir sozinho
Vou ao playtime de Vieira
Pois, sei qual é o caminho

Vou-me embora pra Muribeca
Comer uma cinqueintinha do Potó
Pegar a Kombi pro terminal
Lendo as poesias de Miró

Vou-me embora pra Muribeca
Um lugar que não tem rei
Lá tenho tudo que quero
E que sempre precisei


Homenagem ao bairro onde passei infancia e juventude

#SalveManuelBandeira



Caranguejunior


terça-feira, 8 de janeiro de 2019

ZAPOETARIA - COMO ASSASSINAR UM POETA



COMO ASSASSINAR UM POETA

para matar um poeta
é fácil
só ter a arma certa
       a saudade
       por exemplo
encontra-se em qualquer esquina



DEAD POET


o poeta morre todo dia
para nascer
& nasce todo dia
para morrer
& nessa vida de morte
morte de vida
            devida
dividida-vida
nessa sina assassina
todo dia sucedendo-se
suicidando-se
mata & desfalece
a cada ponto final
no derradeiro verso
do poema.



Caranguejunior