quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

IV REI MAGO (Brasileiros)

É pedreira
Pauleira!


Mas, continuo caminhando...
Entre barrancos e vários trancos
Continuo caminhando

Olhos abertos
Sempre esperto
De certo que a estrada é longa
Caindo e levantando
Caminhando
E mudando...

Mesmo que digam que a caminhada
Não dará em nada
Mesmo que digam que tudo
Voltará ao que era antes

Sigo ofegante...

Um dia eu chegarei
Até àquela estrela brilhante...



Caranguejúnior (na caminhada...)










Um comentário:

André Dia(s,z)? disse...

È isso, aí, Jr! Vamos com fé, que a fé não costuma faiá!