quarta-feira, 21 de março de 2012

SEIS DA TARDE


A vida do Brasileiro
É tamanha correria
Na batalha do dia a dia
Pra ganhar o seu dinheiro
Ganha pão do mês inteiro
Pra sustentar suas crias
Luta igual guerreiro
Pro céu faz uma prece
Baixa a face o pranto desce
Ao som da ave Maria
             
Calos nas mãos ardendo
Suor na testa desce
Cansado o corpo desfalece
Quando vai escurecendo
E a lua quando aparece
Dita o fim da correria
Em casa há alegria
Seis da tarde já acontece
Baixa a face o pranto desce
Ao som da ave Maria
 
 
corda com o mote 
"Baixa a face o pranto desce
Ao som da ave Maria"
 
 
 
Caranguejúnior
 
 
 

Um comentário:

André Dia(s,z)? disse...

Muito bonito, Junior. Tristemente belo e verdadeiro!