terça-feira, 15 de março de 2011

OFTALMO-LÓGICA - (2)







Caranguejúnior

3 comentários:

André Dia(s,z)? disse...

Da menina dos olhos...
Dos olhos da sua menina!

Renata Luciana disse...

Acordei com a iris multicor. Lendo e sentindo o sentido de ser.. "a rotina da sua retina"

Alexandre disse...

Escrevi um poema à cidade de São Paulo, neste último aniversário, e seu Post me fez lembrar uma frase do meu poema.
Aí segue:
"...e uma menina brilha cinzenta
na janela de cada pessoa que por ela passa,
e se for a deixar, ela garôa".
Alexandre Pedro

Adorei seu post, aliás, adoro seu Blog...suas criações são ótimas!!!
Abraço