sexta-feira, 8 de abril de 2011

DEVASTADOR

Um beijo seu
Arrepio-me


A tempestade do seu olhar
Transborda minh’alma
Sussurra nos meus ouvidos
Gemidos de trovão
Deslizam nas minhas (en)costas
Suas mãos de barreiras

No Atlântico Oceano
Do nosso edredon
Ondas...
Tudo é Pacífico
É guerra
Enquanto abraços tsunâmicos
Sufocam-me


E eu querendo descer
Como enxurrada
Por seu corpo abaixo


Suor...perfume


E certamente amanhã
Esse amor devastador
Será noticia sensacionalista
Em nossos corações...


Caranguejúnior

Um comentário:

André Dia(s,z)? disse...

Voto em Caranguejunior pro próximo BBB! Garantia de sacanagem embaixo do edredon, e é claro, vida inteligente naquele horrorde programa!