sábado, 3 de setembro de 2011

CONTO ANÃO DE JARDIM (FURACÃO IRENE)




- Ô Irene! tu és o furacão que faltava passar no meu Estado de espírito


- E você não é a brisa que eu quero no meu rosto! Me esquece!!




Caranguejúnior






Um comentário:

André Dia(s,z)? disse...

Rsrsr..Bem sacado! Vc é muito perspicaz, Jr!

Abraço!